PRA VOCÊ IR MAIS LONGE A gente cuida do seu futuro, para caminharmos juntos sempre.

Gestão da frota automotiva melhora eficiência das agroindústrias

Consultoria realizada pela GAtec tem como objetivo ajudar os gestores a extraírem o máximo dos veículos reduzindo custos de reparo e manutenção

Sabemos que a mecânica preventiva de um veículo é mais efetiva que a mecânica corretiva, pois ao antecipar uma troca de peça que daria defeito, pode-se evitar um dano maior, uma vez que este poderia comprometer até mesmo outros componentes. Com as agroindústrias o cuidado com a frota automotiva precisa ser ainda redobrado, afinal uma plantadora parada no início da safra ou um caminhão completamente carregado enguiçado no meio da lavoura, o prejuízo pode ser incalculável.

Para ajudar na gestão deste departamento tão importante as empresas, usinas e indústrias, mas que ainda nos dias de hoje recebe pouca atenção por parte dos gestores, é que a GAtec, empresa de consultoria, treinamento, desenvolvimento e integração de sistemas para o para o agronegócio, oferece o serviço de consultoria no qual seus clientes têm a oportunidade de melhorar os processos. O objetivo principal é auxilia-los a extraírem o máximo do que suas ferramentas oferecem com base na análise de indicadores de desempenho e redução dos custos de reparo e manutenção da frota.

De acordo com o engenheiro químico, Carlos César Balbino, consultor especialista em manutenção da GAtec, neste tipo de atendimento é explicado aos gestores os problemas encontrados, dando um parecer técnico sobre a importância de cada item e sugerindo mudanças em procedimentos operacionais que resultam em confiança nos indicadores. Há ainda as melhorias na manutenção da frota contribuindo na redução de gastos, para alguns casos a curto prazo e para outros a médio. “O benefício imediato é a qualidade nas informações dos indicadores de desempenho e de gastos com manutenção. Com uma informação de boa qualidade a tomada de decisão em relação aos procedimentos de manutenção da frota fica mais confiável e eficiente”, acrescenta.

O processo de consultoria inclui todos os equipamentos automotivos motorizados, implementos agrícolas e rodoviários envolvidos nas operações das agroindústrias. Além disso, contempla também as áreas da manutenção como oficina mecânica, lavador, posto de troca de óleo, caminhões oficina volante, entre outros. Segundo o consultor, este modelo de projeto é recomendado às empresas quando a gestão da manutenção não está conseguindo as respostas confiáveis dos indicadores de desempenho e de custos ou quando detecta uma subutilização das funcionalidades do sistema de gestão de frotas.

Unidades padronizadas

Para que os negócios de uma grande companhia como um todo andem bem, é fundamental que as ações de suas filiais estejam alinhadas com as métricas da matriz. Com este objetivo, um importante grupo da região de Uberaba, no triângulo mineiro, resolveu ampliar a gestão de sua frota. Em 2018, a GAtec realizou treinamentos e prestou consultoria automotiva na unidade mineira.

Como os bons resultados, houve agora um grande interesse deles também no compartilhamento desse conhecimento nas demais unidades da companhia. “Em um grupo com várias unidades produtoras há o interesse da liderança em padronizar e nivelar os resultados permitindo comparações do desempenho da frota e dos custos de reparo e manutenção”, destaca Balbino.

Durante este levantamento dos dados específicos deste cliente, os consultores fizeram o entendimento de alguns pontos conflituosos. Após isso, realizaram um alinhamento de estratégia selecionando alguns indicadores. O levantamento mostrou como estava a usabilidade do sistema em relação ao que a GAtec recomendou durante a implantação e as boas práticas de manutenção da frota. Após reconhecer que os resultados poderiam ser melhorados, o cliente passou a utilizar os indicadores como referência para algumas áreas.

As metas apresentadas pela consultoria foram baseadas na experiência dos profissionais e nos resultados do setor de maneira geral. “O cliente após analisar os resultados propõe uma adequação a sua realidade. A cada ano as metas são analisadas e se necessário passam por ajustes”, reforça o engenheiro químico.

Ainda segundo o consultor é importante reforçar que durante esse processo de consultoria a equipe de gerência do cliente pode e deve acompanhar os indicadores que são disponibilizados em relatórios. “A diretoria da empresa acompanha os resultados em relação às metas e exige justificativas quando recebe uma nota baixa, isso também gera uma espécie de competição entre os respectivos responsáveis das unidades produtoras e também gera justificativas de investimentos em melhoria de equipamentos, de processos e treinamento das equipes de manutenção”, finaliza o especialista.

Sobre – A GAtec S/A Gestão Agroindustrial está sediada em Piracicaba, no interior paulista, oferecendo aos clientes consultoria, treinamento, desenvolvimento e integração de sistemas de gestão para o agronegócio. Composta por profissionais com mais de 40 anos de experiência em planejamento e controle agroindustrial, a empresa está presente em 14 países com mais de 260 clientes. Sua atuação contempla diversas culturas do agronegócio, entre elas, cana-de açúcar, grãos, algodão, café, citros, pecuária, entre outros. Mais informações em www.gatec.com.br.

Fonte: RuralPress