Timeseg - sex: 07:30 às 11:30 e das 13:00 às 18:30

Descobertas moléculas que aumentam imunidade das plantas

Suas descobertas abrem caminho para o desenvolvimento de pequenas moléculas bioativas

Dois estudos publicados na revista Science por cientistas do Max Planck Institute for Plant Breeding Research em Colônia, Alemanha, em colaboração com colegas da China, relatam a descoberta de moléculas celulares naturais que impulsionam respostas imunes críticas de plantas.

A produção global de alimentos deve dobrar até 2050 para alimentar os 2 bilhões de pessoas adicionais que devem viver na Terra até então. Isso requer rendimentos mais altos para muitas culturas importantes. Para isso, é necessário desenvolver estratégias para tornar as plantas mais resistentes a agentes infecciosos microscópicos, bem como garantir a segurança ambiental da produção de alimentos. Alcançar isso, por sua vez, requer uma compreensão detalhada do sistema imunológico, a defesa que as plantas constroem diante de microrganismos invasores.

Em dois estudos, liderados por Gigi Chai e Jane Parker no Plant Breeding Research Institute. Max Planck em Colônia e a Universidade de Colônia na Alemanha, em colaboração com o grupo de Junbiao Chang na Universidade de Zhengzhou e um grupo liderado por Zhifu Han na Universidade de Pequim, identificaram duas classes de moléculas e determinaram seus modos de ação na mediação de respostas imunes dentro células de plantas.

Suas descobertas abrem caminho para o desenvolvimento de pequenas moléculas bioativas que podem permitir a manipulação da resistência das plantas a micróbios nocivos. No nível molecular, a principal estratégia imunológica usada pelas plantas envolve proteínas chamadas receptores de repetição de ligação de nucleotídeos ricos em leucina, ou NLRs.

Fonte: AgroLink

Outras Notícias

Trabalhe Conosco

Se você estiver interessado ou tiver alguma dúvida, envie-nos uma mensagem.

    Currículo